Brystol Myers Squibb | microsoft | Hosp Albert Einstein

SAÚDE

Ajudando sobreviventes do câncer através de inovação colaborativa

DESAFIO

A vida após o câncer traz uma série de novos desafios. Como 3 grandes empresas evolvidas com a causa podem atuar juntas para beneficiar essas pessoas?

Estou realmente curado? Posso ter filhos? Nunca mais preciso voltar no médico? Meu cabelo vai crescer normalmente? 

Todas essas são questões que, há pouco tempo atrás, um paciente com câncer jamais teria. Infelizmente essa doença foi, por muitos anos, uma sentença nefasta na vida de milhares de pessoas ao redor do mundo. 

Mas, graças aos avanços científicos, em boa parte liderado pelos fármacos da Brystol-Myers Squibb, esses pacientes agora, ao invés de vítimas da doença, são sobreviventes. E com essa nova vida, vêm uma série de novos desafios. 

Esse fato levou a BMS a nos procurar com a seguinte questão: Podemos fazer mais por esses pacientes? Podemos deixar de lado a sobrevida do câncer e falar sobre a vida após o câncer?

Play Video

SOLUÇÃO

Jornada da Inovação

Inovar por uma causa é algo muito potente para nós da Innovster. Estamos sempre buscando uma forma de beneficiar a sociedade através de nossos projetos. Logo, não tem como não dizer que as expectativas estavam altas. Inspirados pelo Innovation Race sueco, desenvolvemos uma jornada de colaboração entre os funcionários de 3 gigantes envolvidos com a causa. Os experts no mercado de Saúde da Bristol-Muyers Squibb, os especialistas na doença e nos doentes do Hospital Albert Einstein e as mentes tecnológicas da Microsoft. 

Tiramos os funcionários dessas 3 empresas de seus postos de trabalho e os levamos para pensar fora da caixa num moderno espaço de co-working: o Spaces Vila Madalena. Durante os próximos 3 dias o nome do jogo foi Design Thinking. Esses profissionais foram guiados por facilitadores da Innovster em todas as minúcias da ferramenta, a fim de produzirem 5 projetos inovadores para os sobreviventes do câncer. 

Mas uma boa rodada de Design Thinking não está completa sem desenvolver a empatia com a causa com que se trabalha, por isso a ONG Lado a Lado foi convidada a trazer 5 sobreviventes do câncer para partirem ativamente da criação dos projetos. A ONG também foi a receptora dos resultados gerados. 

 

0
Horas de imersão
em Purpose Driven Innovation e Design Thinking
0
Funcionários
pensando fora da caixa e exercendo sua empatia cam a causa
0
Projetos
para beneficiar os sobreviventes do câncer
0
Empresas
Brystol-Myers Squibb, Hospital Albert Einstein, Microsoft, instituto Lado a Lado e Innovster colaborando por uma causa

RESULTADOS

Toda a informação há um click de distância

Os projetos desenvolvidos na Jornada foram doados à ONG Lado a Lado e deram origem ao Click Câncer, programa que auxilia centenas de pacientes a responderem suas dúvidas sobra a vida após o câncer. A sociedade ganhou mais uma rede de informação e apoio, os funcionários ganharam um curso intensivo de design thinking e as empresas envolvidas deram o pontapé para colaborar em diversos outros setores e desafios.